sexta-feira, 6 de novembro de 2009

A Arquitetura

A arquitetura barroca é o estilo arquitectônico praticado durante o período barroco, que inicia-se a partir do século XVII e decorre até a primeira metade do século XVIII




Principais artistas e obras da arquitetura barroca


Francesco Borromini, que entre muitas obras construiu em Roma o San Carlo alle Quattro Fontane. Surge aí a associação entre elementos retos e elementos curvos, utilizando formas ambivalentes. A fachada é visualmente dinâmica, o que não deixa os espectadores parados. Exibe uma complexidade em termos de organização, côncava, convexa e retas; é este dinamismo que o barroco impõe. Cria-se um portal monumental, que joga com várias formas, desloca-se o sino para a zona da fonte, em vez da zona central, destacando assim também a importância da fonte, como elemento criativo e funcional integrado na arquitectura. Borromini foi ainda o autor de igreja de Sant'Agnese in Agone, na Piazza Navona, e de Sant'Andrea delle Fratte, ambas em Roma.

François Mansart é um dos mais importantes arquitectos do barroco, com obras tão importantes como Château de Maisons (hoje Château de Maisons-Laffitte), a igreja do Val-de-Grâce'' e o Temple du Marais (estes dois últimos em Paris).

Louis Le Vau foi o autor do Château de Vaux-le-Vicomte, considerada como uma das influentes obras da época. A relação pátio-jardim é verdadeiramente revolucionária. Os jardins, projectados por André Le Nôtre, deixam de ser um mero complemento do edifício e ganham um prolongamento que vai para além da construção do château em si. Os jardins de Le Nôtre, sempre fortemente marcados pela axialidade, tocam, a partir do olhar do observador, no horizonte, realizando o que o autor C. Norberg Schulz chama de experiência de um espaço infinito.

Jules Hardouin-Mansart é outro importante arquiteto do barroco, cujas obras mais importantes são o Palácio de Versailles, em que a planta é elíptica e os jogos de luz criam contrastes visuais. A Catedral de Saint-Louis-des-Invalides e o Grand Trianon também são de sua autoria.

Claude Perrault é outro importante arquitecto francês, ainda que menos célebre. A fachada oriental que desenhou para o Palais du Louvre é um excelente exemplo da arquitectura barroca francesa. Em todo o espaço cria-se uma multiplicidade cenográfica. O muro não é entendido como um limite, mas como realidade espacial privilegiada para conter movimento.








Aqui estão algumas imagens da arquitetura barroca.




Igreja Barroca na Cidade de Ouro Preto













                                                                              Arquitetura religiosa














Os alunos do 1° ano A, do CMA agradecem a visita.
  Esperamos que você tenha gostado do que encontrou no Blog.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário